Pesquisar

Ministérios

Login

Usuário:

Senha:


Esqueceu a senha?

Internauta, siga-nos!

Faça um postSiga-nos no TwitterSiga-nos no Twitter

Usuarios on-line

3 visitantes online (1 na seção: Artigos)

Usuários: 0
Visitantes: 3

mais...
“ATÉ QUANDO?”
  Enviado em 08 Oct 2010 por adelman (699 leituras)
“ATÉ QUANDO?”












Esta é a nova musica de André Valadão. Ela é muito interessante e tem um aditivo que vale lembrar: não é uma música só para cristão ouvir, ou seja, é uma música que toca o coração de todos. Isto a torna ainda mais gostosa de ouvir por exemplo, no ambiente de trabalho. É uma forma para que todos ouçam e com calma, pensem no assunto.

Ela fala sobre arriscar a salvação por coisas banais e pecados, os quais sabemos qual será o fim. Diz que a paz que tanto tentamos encontrar em feitos e amores, só encontraremos em Cristo.

O amor não será encontrado em loucuras por emoções, mas sim quando nos voltarmos para a razão de viver. Diz que nossas indecisões podem nos fazer arrepender amanhã. Que não é no pecado que nos realizaremos como pessoas.

Nós, os cristãos de carteirinha e os novos também, precisamos pensar: até quando? Até quando seremos ludibriados por nossas desculpas, por nossas fraquezas e ganâncias?

Nos anos políticos passados vimos cristãos se venderem por mandatos que não honraram a Jesus e muito menos deram exemplos de vida santa. Vimos sim, políticos querendo abocanhar mais uma parcela. O povo brasileiro ainda está aprendendo a votar e a entender o plano de Deus para o governo de um país. A política entrou em nossos cultos este ano como se fosse parte deles. Dentro de nossos folhetos semanais vem “santinhos” de fulano e cicrano.

Até quando suportaremos pessoas nos enganando dizendo ser parte deste povo separado para fazer diferença? Quando eles farão diferença em nossa nação, uma nação cheia de mentiras políticas e pessoas afoitas por lucros rápidos e fáceis?

Até quando nos deixaremos ser iludidos por programas políticos feito por profissionais do engano e mentiras públicas, homens que por trás das câmeras humilham, matam sonhos e felicidade? Eles são os mesmos que na frente delas usam da esperteza em palavras bonitas e frases de efeito.

Oramos por tudo dentro de nossas comunidades cristãs, mas não oramos em períodos eleitorais porque achamos que não podemos mudar a história escrita por estranhos na fé. Podemos mudar este rumo sim!!! Não digo que seja necessário estar lá no governo um homem santo, no sentido exato da palavra. Mas que Deus nos ensine em quem devemos colocar nossa confiança. Se o povo de Deus levantar a cabeça nestes períodos, nossa política será outra.

Por acharmos que não somos desse mundo, também pensamos que não temos nada haver com ele. É verdade, estamos neste mundo, mas não somos dele, é Palavra de Deus que nos diz: somos moradores celestiais com passagem temporária na Terra. Só que enganamos a nós mesmos porque antes de irmos pra lá, para o Céu, precisaremos viver bem nesta terra e desfrutando ao máximo do melhor. Por este motivo é preciso de muito mais do que palavras soltas ao vento.

O segundo turno vem ai. Se juntarmos forças espirituais e pedirmos direção do Espírito Santo para irmos às urnas seremos uma nação mais abençoada e abençoadora.

Ainda aprenderemos a pedir um governo para Deus, não um governo de boas relações, mas um governo que sabe o que é governar e ser governado. Um homem segundo o coração de Deus. Sonho? Talvez realidade, mas só acontecerá se confiármos nossa nação primeiro nas mãos de Jesus e depois de um homem segundo o Seu coração.

Silvia Letícia Carrijo de Azevedo Sá
leticiacarrijo@artedefalar.com.br


Fonte:artedefalar



Colaboração:
Adelman Santos







Índice :: Imprimir :: Enviar a um Amigo
 
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.