Pesquisar

Ministérios

Login

Usuário:

Senha:


Esqueceu a senha?

Internauta, siga-nos!

Faça um postSiga-nos no TwitterSiga-nos no Twitter

Usuarios on-line

4 visitantes online (1 na seção: Artigos)

Usuários: 0
Visitantes: 4

mais...
DEUS É BOM
  Enviado em 04 Jan 2012 por Erico (769 leituras)


Deus é bom e Ele é AMOR. Ele ama a misericórdia Ele se deleita na bondade. O seu coração tem compaixão em infinita ternura por Suas criaturas. Consequentemente, toda incapacidade de amar, da parte de Suas criaturas, todas as escolhas egoístas, devem ser um desapontamento e uma ofensa a Deus.

A lei de Deus para Israel exigia: “AMARÁS POIS O SENHOR TEU DEUS DE TODO O SEU CORAÇÃO” (Deuteronômio 6:5) e “AMARÁS O TEU PRÓXIMO COMO A TI MESMO” (Levitico 19:18). Este é o desejo de Deus para toda a humanidade.

Como este mandamento mata todos nós! Quantas milhares de falhas temos para confessar – todos nós! Para muitos de nós, toda a vida tem sido uma escolha continua de egoísmo, em vez de uma escolha de amar e de serviço a Deus; e toda escolha assim é pecado. A natureza santa de Deus ordena que todos os homens amem a Ele e os nossos semelhantes (Filipenses 2:2-3), mas temos amado a nós mesmos. Verdadeiramente, todos pecaram e destituídos estão da gloria de Deus. O padrão pelo qual Deus deve julgar as Suas criaturas e o Seu próprio caráter glorioso e o Seu modo de ser; e Ele é eternamente amor.

De cada atributo de Deus – santidade, justiça, retidão, verdade e bondade – somos miseravelmente destituídos. Como alguém pode ficar diante de Deus em julgamento com o Seu caráter glorioso como o nosso padrão? Mas não há outro padrão. Deus não aceitará nada menos do que a Sua própria perfeição.

Paulo certamente viu e compreendeu este critério perfeito pelo qual Deus julgará o homem. Quando Paulo viu a impossibilidade absoluta do homem de satisfazer o padrão de Deus, ele exclama: “ TODOS PECARAM E DESTITUIDOS ESTÃO DA GLORIA DE DEUS”.A provisão de Deus para o Homem Caído.

O desamparo e a desesperança da condição do homem exige que demos atenção ao estudo da Palavra de Deus, de modo que saibamos não só a provisão para restaurar o homem caído a justiça necessária para ficar em Sua presença, mas também como devemos andar neste mundo mau.

Deus proveu o pagamento pelo nosso pecado através de Jesus Cristo, que se tornou o nosso substituto e morreu o pagamento da morte pelos nosso pecados. Pela simples fé na morte substituta de Cristo recebemos a justiça de Cristo e a posição perfeita diante do Pai. Vemos esta verdade em II Coríntios 5:21, onde Paulo diz: “AQUELE (O PAI) QUE NÃO CONHECEU O PECADO, O (CRISTO) FEZ PECADO POR NÓS; PARA QUE NELE FOSSEMOS FEITOS JUSTIÇA DE DEUS”.






Pr. Carvalho
Índice :: Imprimir :: Enviar a um Amigo
 
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.