Pesquisar

Ministérios

Login

Usuário:

Senha:


Esqueceu a senha?

Internauta, siga-nos!

Faça um postSiga-nos no TwitterSiga-nos no Twitter

Usuarios on-line

7 visitantes online (1 na seção: Artigos)

Usuários: 0
Visitantes: 7

mais...
[b]MELHORANDO O RELACIONAMENTO ENTRE IRMÃOS NA IGREJA[/b]
  Enviado em 09 Nov 2011 por adelman (1401 leituras)
MELHORANDO O RELACIONAMENTO ENTRE IRMÃOS NA IGREJA

Por Pr. Abigail Carlos de Almeida


Crescendo em Família

O amigo ama em todo o tempo; e para a angústia nasce o irmão.
Provérbios 17:17

Na palavra de hoje pretendo mostrar aos irmãos a importância das verdadeiras amizades no meio do povo de Deus. A Bíblia sagrada nos fala que aquele que não tem boas amizades não é sábio(Provérbios 18:1 e 15:30)
As amizades que nutrimos mostra-nos dois importantes aspectos em nossas vidas:
• Revela quem somos. Geralmente as pessoas com quem temos amizade são aquelas que têm os mesmos interesses e desejos que nós (Amós 3:3).
• Influenciam diretamente a nossa conduta. De acordo com a Palavra de Deus, as amizades têm grande influência em nosso proceder que podem inclusive nos fazer transigir com nossos princípios. (Pv 22:24-25)


I – CARACTERÍSTICA DE UMA AMIZADE SAUDÁVEL.

a) Lealdade (Pv 27:10; Pv 17:17),
b) Aconselhamento mútuo (Pv 27:9; Pv. 12:26)
c) Perdão (Pv 17:9),
d) Honestidade (Pv 27: 5-6),
e) Reconhecimento de Limites (Pv 25:17; 26:18-19).
Precisamos usar da sabedoria divina na escolha de bons amigos, e seremos também bons amigos de acordo com os critérios estabelecidos no livro de Provérbios.

II – A VERDADEIRA COMUNHÃO SÓ É POSSIVEL ATRAVÉS DE VERDADEIROS RELACIONAMENTOS.

Nós o povo de Deus fomos chamados para viver em paz, como membros de um só corpo. A amizade com Deus e uns com os outros é o grande segredo da da vida cristã. Essa comunhão exige convivência. Na ilustração de Jesus, a comunhão é o vinho novo e a igreja é o odre novo. Antes de derramar o Espírito Santo no dia de Pentecoste, Jesus preparou uma igreja de pessoas comprometidas umas com as outras em amor e todas absolutamente comprometidas com Cristo como Salvador e Senhor. Comunhão e igreja são igualmente importantes, pois quando colocamos vinho novo em odres novos ambos se conservam (Mateus 9:17).

A profunda convicção de que somos eleitos, santos e amados como povo de Deus nos dá segurança e condições de viver em comunhão com Deus e com os irmãos de tal maneira que nos tornamos sinal do Reino de Deus no mundo!

III– OS RELACIONAMENTOS NA IGREJA SÓ SERÃO MELHORADOS SE NUTRIDOS PELO ELO DA PERFEIÇÃO.

Nosso maravilhoso derramou sobre nós do seu grande amor através através da morte do nosso Senhor Jesus Cristo na cruz do calvário. Por isso quanto mais crescemos na graça e no conhecimento de Jesus (2 Pedro 3:18), e mais nos parecemos com ele. O caráter de Jesus se revela em nós através das virtudes que dão o tom da nossa comunhão com os irmãos na igreja.
Vejamos alguns pontos essenciais na melhoria dos relacionamentos entre os membros da igreja.

a) Humildade: Atitude submissa e prestativa uns com os outros (Marcos 10:45).
b) Bondade: Prontidão para fazer o bem sem olhar a quem (Romanos 2.4; 5.8).
c) Mansidão: relação sem coerção para mudança das pessoas (Mateus 11.29; 2 Timóteo 2.24-25).
d) Misericórdia: relacionamento afetivo e cuidadoso com irmãos e pessoas machucadas e abatidas (Mateus 9.36; 4.14).
e) Perdão: Perdoamos como somos perdoados por Deus através do sacrifício de Cristo (3.13; Mateus 6.12, 13-14).
f) Longanimidade: Boa vontade para agir com tolerância diante da franqueza humana (Gálatas 6:1-2).

Conclusão:

Quando reunimos todos os itens de uma receita com a intenção de fazer uma quitanda, o resultado é um maravilhoso e delicioso bolo. Assim, com a prática do amor, do perdão, da bondade e da misericórdia, a igreja experimenta a reconciliação e paz. Os relacionamentos são verdadeiramente melhorados, abrindo caminho para o serviço voluntário uns aos outros, e então experimentaremos o sabor da verdadeira comunhão, a edificação na Palavra (1 Coríntios 14.26), e então seremos verdadeiramente um como ele o é (Pai, Filho e Espírito Santo).

Que o Senhor da seara nos abençoe.


Fonte: Assembléia de Deus - Ministério Fama




Colaboração:
Adelman Santos







Índice :: Imprimir :: Enviar a um Amigo
 
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.